Em todo laboratório de química é possível se deparar com os utensílios de vidro que são essenciais para a prática laboratorial, isso porque evitam qualquer tipo de risco e atendem aos parâmetros de realização de experimentos sem interferências. Essas são as chamadas vidrarias de laboratório, itens específicos e que possuem extrema importância para as aulas práticas, pois garantem que os experimentos ocorram de maneira adequada. Essa especificidade tem a ver com o material que as compõe – vidro cristal ou vidro temperado – o que garante que elas não reajam com substâncias contidas nele, nem quebrem quando submetidos ao aquecimento durante os experimentos. Utilizar recipientes errados para uma experiência, além de afetar o seu resultado, também oferece riscos à segurança de todos dentro do laboratório.

img_8351_b

As vidrarias de laboratório devem ser tratadas com o maior cuidado possível, porque são compostas de um vidro altamente trabalhado, mais caro do que os vidros que utilizamos no dia a dia. Para adquirir resistência mecânica ao calor, ao choque térmico e a uma grande variedade de produtos químicos, o vidro borossilicato é comumente adicionado aos componentes do vidro comum durante a fabricação das vidrarias de laboratório. A Homelab possui um Conjunto de Vidraria de 156 peças ideal para as práticas laboratoriais e o ensino da ciência na prática com segurança.

Compartilhe
0 comentários

img_7774-1800x1200

O ensino da ciência deve englobar a prática científica, que possibilita e incentiva o aluno a ser agente de seu próprio aprendizado. Um dos problemas na Educação Básica é justamente a verticalização do ensino, num modelo em que o professor não instiga os alunos a levantarem hipóteses e buscarem soluções sozinhos, permanecendo relativamente passivos durante o processo de aprendizado. Os estudantes, muitas vezes, permanecem na decoreba sem associar aquilo que aprendem ao seu cotidiano.

O ensino da ciência deve funcionar como a natureza funciona: de maneira integrada. É importante que o aluno seja capaz de fazer a interconexão entre o que vê em sala de aula e os fenômenos observados no seu dia a dia. Para isso, a prática científica é essencial, não existe química, física e biologia sem a conexão com a realidade. As aulas de laboratório tornam-se assim oportunidades valiosas para demonstrar a teoria na prática.

Pensando nisso, a Homelab possui um Kit de Ciência voltado especialmente para o Ensino Fundamental I e II. O Kit é composto por materiais destinados ao estudo de leis fundamentais da física, iniciação à ótica, iniciação à botânica, conceitos e reações básicas de química e astronomia, desenvolvimento dos processos de obtenção de medidas, interesse investigativo e trabalho em equipe e liderança. Além disso, possui um roteiro de experimentos com mais de 80 práticas para atender o Ensino Fundamental I e II. Com esse roteiro, o professor pode demonstrar na prática as teorias condizentes com o currículo escolar. Assim, tanto em sala de aula, como em laboratório, o aluno torna-se agente de aprendizado podendo fazer a interconexão entre teoria e prática.

Compartilhe
0 comentários

img_8185_b

Despertar o interesse dos alunos pela física exige que seu ensino seja abordado de forma diferente. Percebe-se que, muitas vezes, o ensino da física acaba resvalando para uma extensão da matemática, com a aplicação de conceitos algébricos que permanecem desconectados da realidade do aluno. De qualquer maneira, esse problema não se limita apenas à física, mas também é percebido no ensino da química e da biologia. E a solução para esse problema é um maior número de aulas experimentais em laboratórios.

A questão é que as aulas experimentais exigem laboratórios, que ainda são escassos no país: cerca de 27 milhões de estudantes, o que equivale a 70% dos alunos do ensino básico, estudam em escolas públicas ou privadas que não possuem laboratórios de ciências. A importância dos laboratórios está em diversas variáveis do ensino como a apropriação conceitual dos fenômenos, motivação para aprender física, compreensão da física como ciência contextualizada e relacionada às demais disciplinas, desenvolvimento de habilidades para a operação de equipamentos, trabalho em grupo entre os alunos e em parceria com o professor.

Há uma solução simples no que diz respeito ao ensino da física. É possível montar aulas experimentais com materiais acessíveis. Assim, a problematização da realidade do aluno torna-se o ponto de partida, e não de chegada, dos estudos. Com aulas práticas, a quantidade de questionamentos e interesse dos alunos aumenta de forma bastante significativa. Por exemplo, dinamômetros, termômetros, lamparinas, multímetros, resistores e espelhos são itens encontrados no comércio com preços acessíveis a qualquer escola.

A Homelab possui Conjuntos de Física Básicos específicos para o ensino fundamental II, ensino médio e ensino superior que torna possível a realização de experimentos quantitativos que possibilitam ao aluno a aquisição de dados e realização de cálculos. Com o Conjunto de Física Básico, destinado para o ensino médio e superior, o aluno adquire noções de cinemática, decomposição de força peso e estudo sobre força de atrito, estudo de ondas estacionárias, da propagação de calor, da óptica e da queda de corpos. Já o Conjunto de Física Básico II, destinado para o ensino fundamental II desenvolve esses conteúdos de forma mais especializada, com o estudo relativos à cinemática, à decomposição da força peso, decomposição da força de atrito, estudos de ondas estacionárias, de propagação de calor e de óptica. Conheça mais sobre o Conjunto de Física Básico, e o Conjunto de Física Básico II da Homelab e traga mais prática para o ensino da Física.

Compartilhe
0 comentários
Quais saltos temos dado na qualidade da educação? Também falamos sobre a importância dos bons professores para o futuro dos alunos, compartilhamos um experimento diferente para fazer em sala de aula e mostramos todos os benefícios do Conjunto Prático de Matemática, uma forma de ajudar na compreensão dessa matéria considerada uma das mais complexas pelos estudantes.

Homelab Pocket – Edição 30 – Julho 2018

Gostou dos temas? Compartilhe conosco suas opiniões aqui nos comentários e também nas redes sociais!

Sobre a Homelab Pocket

A Homelab Pocket é uma publicação mensal da Homelab – A Casa do Laboratório para professores, gestores e diretores, falando sobre as novidades sobre ciências, tecnologias e equipamentos laboratoriais para as mais diversas áreas do ensino.

Gostou da Homelab Pocket – Edição 30 – Julho 2018?

Compartilhe Tags
0 comentários
Homelab Pocket – Edição 29 – Junho 2018 – Com o tema “O poder do olhar”, onde falamos sobre a importância do olhar para reverter ou ampliar nosso conhecimento muito mais do que qualquer outra forma de linguagem. Além disso, mostramos com detalhes o Kit de Ciência, sucesso de vendas aqui na Homelab, e o Conjunto de Pranchas para Iniciação ao Estudo Anatômico. Por fim, não poderíamos deixar de parabenizar os químicos que desempenham um papel importante para pesquisas aqui no Brasil.

1806-homelab-fb-02-pocket-banner-blog

Gostou dos temas? Compartilhe conosco suas opiniões aqui nos comentários e também nas redes sociais!
espaço
Sobre a Homelab Pocket
A Homelab Pocket é uma publicação mensal da Homelab – A Casa do Laboratório para professores, gestores e diretores, falando sobre as novidades sobre ciências, tecnologias e equipamentos laboratoriais para as mais diversas áreas do ensino.
espaço
Gostou da Homelab Pocket – Edição 29 – Junho 2018?
Compartilhe
0 comentários
Homelab Pocket – Edição 28 – Maio 2018 – Com o tema “O fascinante mundo da astronomia”. Também falamos sobre a eletroeletrônica no nosso dia a dia, falamos sobre gravidez e mostramos o Raio-X do Conjunto Proporções, destinado ao estudo de razões, proporções e triângulos semelhantes.
Homelab Pocket – Edição 28 - Maio 2018
Compartilhe conosco suas opiniões aqui nos comentários e também nas redes sociais.

Sobre a Homelab Pocket

A Homelab Pocket é uma publicação mensal da Homelab – A Casa do Laboratório para professores, gestores e diretores, falando sobre as novidades sobre ciências, tecnologias e equipamentos laboratoriais para as mais diversas áreas do ensino.

Gostou da Homelab Pocket – Edição 28 – Maio 2018?

Veja as outras edições já publicadas clicando aqui.

Compartilhe Tags
0 comentários

Homelab Pocket – Edição 27 – Abril 2018

Homelab Pocket – Edição 27 - Abril 2018
A Homelab Pocket – Edição 27 – Abril 2018 traz aos leitores matérias sobre a qualidade na educação e descobertas sobre a prevenção do câncer. Assuntos que despertam o interesse de educadores, pais e futuros profissionais das diversas áreas da educação, ciências e biologia. Também contamos com detalhes todas as características e diferenciais do Conjunto para Múltiplas Ciências usado em sala de aula.
CLIQUE AQUI e baixe agora a edição completa da Homelab Pocket – Edição 27 – Abril 2018.
Compartilhe conosco suas opiniões aqui nos comentários e também nas redes sociais.

Sobre a Homelab Pocket

A Homelab Pocket é uma publicação mensal da Homelab – A Casa do Laboratório para professores, gestores e diretores, falando sobre as novidades sobre ciências, tecnologias e equipamentos laboratoriais para as mais diversas áreas do ensino.

Gostou da Homelab Pocket – Edição 27 – Abril 2018?

Veja as outras edições já publicadas clicando aqui.

Kit de Ciências para o Ensino Fundamental

Como ensinar ciências de forma prática para os alunos do Ensino Fundamental? Através do kit de ciências Homelab desenvolvido com base nos conteúdos escolares destinados a essa faixa etária. Além de ser completo, pode ser usado tanto no laboratório de ciências quanto em sala de aula.

O kit auxilia na compreensão prática de conteúdos como:

Física

— Leis fundamentais da física

— Iniciação à conceitos de ótica

— Conceitos básicos de astronomia: pontos cardeais e fases da Lua

— Desenvolvimento do processo de obtenção de medidas

Biologia

— Botânica: análise de solos

— Botânica: análise de plantas

Química

— Conceitos básicos de química

— Reações químicas simples

Entre as aplicações práticas, o kit acompanha também um roteiro que explica passo a passo mais de 80 experimentos que ajudam os alunos a compreender esses conceitos físicos, biológicos e químicos. Esses experimentos podem ser feitos tanto por professores especializados quanto por professores de formação mais generalista, atendendo às demandas de conteúdo aplicadas ao Ensino Fundamental.

O kit também foi desenvolvido para estimular o interesse investigativo de cada aluno, relacionando os conteúdos científicos a práticas de seu dia a dia. Também, fomenta o trabalho em equipe e a liderança, pois os experimentos podem ser todos realizados em grupos pequenos, aumentando a cooperação entre alunos.

É uma ferramenta científica que ajuda a tornar as aulas mais dinâmicas, sem perder a ludicidade necessária para os alunos do Ensino Fundamental. Por fim, é uma forma eficiente de investir na formação científica básica dos alunos, fazendo com que estejam mais preparados para os conteúdos refinados do Ensino Médio.

Clique aqui e faça o download do experimento “Determinação experimental da vantagem mecânica da roldana móvel”.

Quer saber mais sobre o kit de Ciência da Homelab? Acesse nosso site.

Compartilhe Tags
0 comentários

Existem centenas de planetas extrassolares, ou seja, planetas que estão situados fora do nosso Sistema Solar. Os cientistas já descobriram 974 planetas fora do eixo do Sol, alguns deles orbitam ao redor de 744 estrelas descobertas. Porém, alguns são independentes do eixo de qualquer estrela e são denominados planetas errantes.

Interessante perceber que os antigos babilônicos, quando acreditavam que o Sistema Solar era geocêntrico, chamavam de errante a movimentação não regular dos planetas em função da Terra. Esse modelo foi derrubado há centenas de anos e hoje chama-se de errantes os planetas que não estão fixados à órbita de uma estrela específica.

foto-blog-planetas-errantes

 

Cientificamente, um planeta errante é definido como um corpo de massa planetária que não orbita ao redor de uma estrela. Por dedução, os cientistas acreditam que existem milhares deles dentro de outros sistemas planetários ainda não descobertos, pois nossos métodos atuais de detecção de planetas extrassolares têm como forma de observação os efeitos que uma estrela-mãe tem sobre o planeta que gira ao seu redor. Ou seja, os efeitos que a ação gravitacional dessa estrela tem sobre uma massa planetária que gira ao seu redor justamente por ser atraída pela sua força.

Através da observação por telescópios, os cientistas são capazes de mapear as estrelas e os corpos planetários que são atraídos por elas. Porém, quando um planeta não é atraído pela força gravitacional de nenhuma estrela, nossos métodos de observação são incipientes para mapeá-los completamente, em outras palavras, ficamos meio cegos em relação a esses corpos.

Então, como foi possível a catalogação de alguns planetas errantes? Isso foi possível porque esses planetas sem estrelas produzem uma pequena quantidade de radiação infravermelha que é observável através de nossos telescópios mais modernos. Os cientistas acreditavam que todos os planetas se formavam durante uma típica criação de sistemas a partir do surgimento de uma estrela. Porém, com a descoberta dos planetas errantes, essa premissa foi derrubada. Por isso, a descoberta dos planetas errantes é de muita importância para a Astronomia.

Aproveite para conhecer o Planetário Iluminado e o Telescópio Astronômico.

Compartilhe Tags
0 comentários

O conjunto de vidraria Homelab é um material completo para ser utilizado no estudo da química e os mais variados níveis de experimentos de laboratório. As vidrarias são temperadas, o que garante maior resistência durante as experiências. Também, composta de 156 peças, permite que até 40 alunos dividam o material durante as aulas práticas de química.

É composta por bastão de vidro, Becker de 250 ml e de 600 ml, conta gotas com tetina, Erlenmeyer de 250 ml, pipeta graduada de 10 ml, placa de Petri de 100×20 mm, proveta graduada de 100 ml e de 50 ml, tubos de ensaio de 15x150mm e de 20×200 mm. Esses materiais de laboratório são indispensáveis para qualquer aula prática de química e ajudam os alunos a realizar os experimentos que aprendem na teoria dentro dos livros.

É importante, principalmente durante o Ensino Médio, que os alunos sejam capazes de transpor para a realidade as equações químicas que eles aprendem na teoria. Por isso, o conjunto de vidraria da Homelab é parte necessária para qualquer instituição de ensino que deseje uma formação mais completa de seus estudantes, oferecendo a infraestrutura desejável para transpor a química da teoria à prática. Isso cativa os estudantes e diminui o bloqueio de aprendizado que conceitos teóricos muitas vezes contêm, dando aos alunos a chance de sentirem-se cientistas dentro das aulas práticas de química.

Conheça o conjunto de vidraria da Homelab e torne o ensino da química ainda mais interessante e didático dentro da sua escola.

Conjunto de Vidraria Homelab

Conjunto de vidraria Homelab
Gostou? Saiba mais acessando este link.

Quer conhecer mais sobre os equipamentos de ciências da Homelab? Acesse nosso catálogo!