Matemática

IMG_7709

Todo profissional no ramo da educação sabe que a matemática tende a ser uma das matérias que causam maior dificuldade de aprendizado entre os estudantes, desde o ensino fundamental até o superior. Tal fato, por si só, já significa que é necessário sempre investir e inovar no ensino dessa matéria. Estes 3 materiais que vão ser apresentados podem se tornar grandes ferramentas na hora de enfrentar a dificuldade que os alunos sentem quanto a matemática.

  1. Conjunto para Proporção Inversa e Equação de 1º Grau

conjunto-para-proporcao-inversa-e-equacao-de--grau

O Conjunto para Proporção Inversa e Equação de 1º Grau é com certeza um dos materiais que podem mudar completamente o ensino de matemática, mas também impactar outras áreas de estudo!

Quando os alunos não compreendem plenamente a equação de primeiro grau, a dúvida se estende para muitos outros conteúdos, tais como as próprias equações de segundo e terceiro grau, Além de atingir outras matérias, como química e física, as quais eventualmente dependem desses cálculos de primeiro grau para que os alunos compreendam suas próprias questões. Por este motivo é de total importância investir no ensino da equação de 1º  grau, pois este conteúdo pode acabar se tornando o responsável por uma enorme reação em cadeia de dúvidas e dificuldades em diversas áreas ao longo dos anos.

2. Kit Desenho Geométrico em Madeira

Como os professores sabem, grande parte dos erros que os estudantes cometem e que tem relação com esses materiais, vem pelo uso incorreto dos mesmos! O Kit Desenho Geométrico em Madeira permite que o professor utilize o compasso de 600mm, a régua de 100mm, o transferidor de 180°, o esquadro de 30°, 60° e 90° e o esquadro de 45° e 90° no quadro negro em frente de todos os alunos, o que gera a possibilidade dos mesmos visualizarem como realmente se utiliza cada um desses materiais e compreenda melhor a função de cada um.

Além disso, por ser um material em uma proporção fora do comum, ele tende a chamar mais atenção dos estudantes graças ao fator lúdico.

3. Conjunto para Sólidos, Superfícies de Revolução e Secções

conjunto-para-solidos-superficies-de-revolucao-e-seccoet

O Conjunto para Sólidos, Superfícies de Revolução e Secções é dedicado ao estudo da geometria espacial, sólidos de revolução, sólidos gerados pelo movimento de rotação de uma superfície qualquer em torno de um eixo, o retângulo em revolução como um cilindro, o triângulo em revolução como um cone, o semicírculo em revolução como uma esfera, o cone de revolução interceptado por um plano, as secções cônicas, a hipotenusa do triângulo em revolução como uma superfície cônica e muito mais. Este material trabalha novamente com a questão da visualização e ludicidade, ambas características que influenciam de modo positivo a memorização da matéria.

O foco é em criar real interesse dos estudantes pelo assunto e na criação de uma memória de longo prazo quanto ao conteúdo, isso graças aos materiais lúdicos, dinâmicos, práticos e explicativos destacados neste texto. A Homelab oferece materiais que trabalham com o dinamismo e experimentação em diversas áreas, tais como Ciências, Química, Biologia, Matemática, Geografia e História. Por meio dos equipamentos que oferece, a Homelab se mantém sempre focada em proporcionar aos educadores e instituições de ensino o que é necessário para obter a mais alta qualidade de ensino possível.

Compartilhe Tags
0 comentários

IMG_7670

Quando as dificuldades de aprendizado aparecem, atividades dinâmicas em sala de aula se tornam ainda mais essenciais. Materiais dinâmicos garantem que os alunos tenham mais uma oportunidade de compreender o assunto (dessa vez, com uma abordagem diferente), além de ajudar na memorização do conteúdo e de permitir até mesmo que os estudantes coloquem a tese dada em aula em prática.

Por exemplo, o conjunto para proporção inversa ajuda no aprendizado da equação de primeiro grau. É um ótimo jeito de demonstrar o que a equação faz de modo muito mais dinâmico, o que permite que o aluno memorize melhor e compreenda de maneira muito mais fácil a matéria e principalmente, o seu propósito final.

Outros exemplos são o conjunto de geometria plana, polígonos e áreas o qual pode auxiliar no ensino desses temas, pois é destinado ao estudo de linhas poligonais abertas e fechadas, polígonos, perímetros e áreas de figuras planas, polígonos inscritos, apótemas e áreas do círculo e o kit de desenho geométrico em madeira de 5 peças que permite tanto que o aluno use o material quanto o professor, que pode usar o equipamento para dar explicações no quadro negro aos estudantes.

IMG_7673

De modo geral, essa abordagem dinâmica permite que os estudantes observem o conteúdo com outros olhos. Gerando uma visão até mesmo mais positiva em relação a matéria, o que impacta de forma favorável todo o processo de aprendizado.

Como sempre, a Homelab apoia e promove esse tipo de proposta mais prática e dinâmica no processo educacional pois sabe o bem que ela pode exercer quanto ao aprendizado dos estudantes. Por esse motivo, a Homelab oferece materiais que complementam o estudo de Química, Física, Matemática, Geografia, Ciências e Biologia, tornando a educação cada dia mais interessante e cativante aos alunos!

Compartilhe Tags
0 comentários

IMG_7699

Aulas mais dinâmicas e divertidas fazem com que o aluno consiga memorizar melhor a matéria e assimilá-la de forma mais rápida e eficiente pois permite a visualização da matéria muito além de ilustrações em 2D e toda a teoria. Além disso, situações práticas são capazes de criar laços emocionais com os estudantes, que, por consequência, acabam por memorizar melhor e se interessar mais pela matéria!

Materiais como os sólidos geométricos em acrílico com 37 unidades permitem que os alunos usem os sentido para explorar e assimilar o conteúdo, garantindo uma aula fora do comum que facilita o processo da criação da memória de longo prazo. Esses sólido podem inclusive serem preenchidos com líquido para uma melhor visualização e estudo do volume deles, ou seja, as funções deste material são as mais variadas e permitem que o professor use a imaginação para o desenvolvimento de atividades.

Atividades que usem a noção espacial dos estudantes e testem seus conhecimento na área podem ser usadas como método de memorização e ainda, como atividades avaliativas propostas de maneira menos estressante e muito mais divertida!

Uma proposta para esse tipo de atividade poderia ser a dos palitos e balas de goma, qual exige, além dos conhecimento de geometria, a capacidade de trabalhar em grupo e coordenação motora dos alunos!

Nessa atividade a ideia é construir formas geométricas com esses materias! O professor pode separar a turma em equipes, todas responsáveis por construir alguns sólidos geométricos previamente designados com esses materiais tão curiosos! Assim, é possível ajudar na memorização dos nomes das formas e os estudantes entendem melhor a estrutura desses mesmos sólidos, afinal, é preciso essa compreensão para contruí-los.

Nessa prática, as balas de goma são usadas como um cola e são – fisicamente observando a forma escolhida – os vértices. Já os palitos fazem o papel das arestas da forma. Basicamente, a ideia é fixar os palitos nas balas de goma, assim construindo vagarosamente a estrutura pedida. O professor ainda poderia pedir que os alunos calculassem o volume do sólido construído por eles mesmos. Além de ser uma atividade divertida, diferente e muito gostosa, essa atividade ajuda na memorização da matéria!

A questão é explorar as formas de várias maneiras, para que o aluno, assim, se familiarize com a geometria espacial como matéria discutida de forma educacional! Ao falar dessa variedade necessária dentro da abordagem usada na matéria, é válido dizer que origamis são de grande auxílio na hora de desenvolver essa descoberta da geometria e o interesse pela mesma.

Esse exercício explora várias formas planas aplicadas em uma estrutura multidimensional, permite a observação da estrutura, testa as habilidades manuais dos alunos e ainda é uma atividade dinâmica e divertida para ser feita em sala!

Outra opção para explorar essas diversas facetas dentro da geometria espacial, é este cilindro que de forma divertida, permite explorar todos os ângulos de uma só forma! O professor poderia produzir um desse e permitir que a sua turma explore o objeto!

Como sempre, a proposta da Homelab vem para promover atividades diferenciadas, que saiam do padrão e por consequência, ajudem no desenvolvimento pessoal dos educandos e facilitem o aprendizado de matérias que tendem a gerar grandes dificuldades dentro da grade curricular. Com o apoio de materiais como os sólidos geométricos em acrílico com 37 unidades, aprender matérias como matemática, química, biologia e física, acaba se tornando muito mais fácil e prazeroso!

IMG_7725

A função dos produtos notáveis é facilitar alguns cálculos, reduzir o tempo de resolução e agilizar o aprendizado, mas, muitas vezes, os estudantes acabam ficando mais confusos com os produtos notáveis do que sem eles e a sua função – tão útil -, acaba por se perder nesse caminho. Quando isso ocorre, é uma grande perda. Os jovens desperdiçam a oportunidade de facilitar suas próprias vidas com os recursos oferecidos. Cabe ao professor garantir que seus discípulos aprendam isso e utilizem essa habilidade na vida acadêmica, já que, por exemplo, uma das grandes dificuldades em vestibulares e no ENEM é o pouco tempo disponível para resolver cada questão e os produtos notáveis servem exatamente para isso, diminuir o tempo levado para chegar a solução das contas feitas.  O que, como resultado, pode inclusive melhorar a posição da instituição de ensino em rankings que levam em consideração a colocação dos alunos nesses tipos de prova.

O conceito dos produtos notáveis, em si, não é complicado, mas, aplicá-lo tende a ser mais trabalhoso. É necessário saber muitos dados previamente decorados para conseguir utilizar esta técnica e é nesse momento que os educandos se sentem – muitas vezes – confusos e se afastam das facilidades que o produto notável pode gerar, isso ocorre por puro medo de a mais nova lição acabar gerando mais dano do que ganho. A Homelab disponibiliza a possibilidade de, trabalhando junto da instituição de ensino, auxiliar na tarefa de melhorar todo esse processo de aprendizado dos produtos notáveis.

Algo de grande importância que, de maneira nenhuma, não deve ser menosprezado é o lembrete impresso. Preferencialmente, o professor (logo no início do processo) deve disponibilizar um pequeno resumo dos produtos notáveis. Este pequeno pedaço de papel deve explicar de forma muito sucinta como utilizar a matéria nova, por exemplo:

(a + b)2 = (a + b) . (a + b) se transforma em  (a + b)2 = a2 + 2ab + b2

Essa simplificação permite o foco no que – no final das contas – realmente é relevante e  usado na prática.

Toda a explicação teórica sobre como usar os produtos notáveis é de grande importância, mas, infelizmente, manter toda a explicação teórica e complexa sobre o processo dentro do único lembrete que foi disponibilizado sobre aquele único tópico pode gerar um grande efeito negativo.

O posicionamento do aluno diante de uma disciplina é de extrema relevância para garantir que seus resultados educacionais se encaixem sempre em padrões altos. Este parecer positivo diante do tema deve ser preservado com muito zelo. Um dos possíveis resultados ruins vindos deste lembrete que acabou sendo longo e complexo demais é que o aluno, ao procurar as contas de forma sucinta (como a exemplificada a cima) enquanto realiza rapidamente alguma situação problema ou exercício, pode acabar por se perder, ficar confuso e até mesmo, não achar o que realmente o interessa.

Situações como essa tem grande peso na autoconfiança de um jovem, pois, quando ocorrem, podem se transformar rapidamente em um contexto puramente baseada no estresse, autodepreciação e raiva. Infelizmente, este novo contexto negativo tende a se transformar em um posicionamento negativo que, normalmente, é cultivado de forma permanente no estudante.

Como sabemos, o modo que o aluno recebe este novo conhecimento pode mudar tudo. Está é a grande função do lúdico, garantir que todo novo assunto seja entregue de uma forma agradável e não agressiva, assim garantindo não um bom, mas o melhor aprendizado possível.

Isso não significa que a teoria deve ser deixada de lado para que os estudantes alimentem seus cérebros apenas com aulas práticas, mas sim que a teoria pode ser apresentada de um modo que soe mais agradável e convidativo. É válido lembrar que a teoria pode ser demonstrada de forma física e a Homelab pode ajudar nisso. Situações assim transformam a sala de aula em um ambiente mais leve a aula em si, em algo muito mais lúdico.  

Muitas demonstrações físicas de teorias e atividades práticas são possíveis graças à Homelab que disponibiliza materiais diferenciados e dinâmicos, inclusive, possibilitando o ensino da matéria em questão com o quadro de produtos notáveis que abrange produtos notáveis quadrado da soma de dois termos, regra do produto notável quadrado da soma de dois termos, produto notável quadrado da diferença de dois termos e a regra do produto notável quadrado da diferença de dois termos e teorema de Pitágoras.

quadro-para-produtos-notaveis-2

Ao observar no quadro para produtos notáveis o que exatamente os produtos notáveis fazem, o aluno tende a memorizar de maneira mais fácil e entender mais profundamente as explicações teóricas dadas pelo professor, já que, agora, elas podem ser visualizadas mentalmente. O mesmo material pode ser usado para atividades práticas em grupo, ou seja, as possibilidades apenas se limitam na criatividade do próprio professor.

O importante é a instituição de ensino trabalhar em cima desse preconceito que os estudantes têm com algumas matérias, sempre com a intenção de guiá-los ao melhor aprendizado possível e nessa tarefa, o divertido e dinâmico podem ajudar muito. Sempre que o professor é capaz de fugir do básico em sala de aula, a criação da memória de longo prazo é motivada nos alunos e a Homelab, por acreditar exatamente nisso, oferece produtos de alta qualidade para permitir que ocorram mais aulas práticas e o aprendizado se torne cada vez mais dinâmico em todas as áreas.