img_7502

A melhor forma de tentar explicar as diferenças e intersecções entre geografia e geopolítica é estabelecer como alegoria de pensamento um limiar: não existe uma fronteira ou uma linha que delimite exatamente essas disciplinas, mas um limiar, um espaço de intersecção entre elas que fazem com que dialoguem constantemente.

Enquanto a geografia se volta mais para a natureza e os aspectos populacionais, geológicos e físicos de determinado território; a geopolítica investiga de que maneira esses territórios são delimitados e se afirmam política e culturalmente de acordo com a sociedade que os habita.

Além disso, a geopolítica também investiga os processos históricos que permeiam tais territórios, como aquela sociedade e sua cultura se formou ali e como seus aspectos políticos se estabeleceram e decorrem progressivamente diante da realidade contemporânea.

Para simplificar, podemos dizer que a geopolítica trata das relações de poder dos Estados Nacionais de determinados territórios, enquanto a geografia trata de seus aspectos naturais e populacionais. Assim, a geopolítica é uma área que conversa o tempo inteiro com a geografia, podendo ser considerada sua subárea.

Para compreender melhor aspectos geopolíticos do mundo, a Homelab possui um globo iluminado 3 em 1: físico, político e histórico. Quando apagado, o globo mostra a configuração física e política dos territórios. Quando aceso, ele mostra as dinâmicas históricas que deram origem aos territórios nacionais modernos. É um excelente produto para demonstrar as diferenças e intersecções entre geografia e geopolítica em sala de aula.

Compartilhe Tags
0 comentários